09 fevereiro 2009

Twestival em Sampa

TWITTER + FESTIVAL = TWESTIVAL

Em setembro de 2008, um grupo de twitteiros de Londres decidiu organizar um
evento onde a comunidade local do Twitter pudesse se encontrar.

Para se ter uma idéia da importância da ação, em duas semanas os ingleses conseguiram reunir aproximadamente 300 pessoas em prol de uma causa nobre – a falta de água potável. E, neste ano, mais de 175 cidades de vários países irão participar do Twestival Global!

Agora é a chance dos brasileiros se mobilizarem. São Paulo, Belo Horizonte,
Campinas, Bauru, Curitiba, Florianópolis, Passo Fundo, Porto Alegre, Recife e
Rio de Janeiro irão sediar o evento no dia 12 de fevereiro.

Em São Paulo, aproximadamente 300 twitteiros irão se reunir na próxima
quinta-feira, no Espaço Pix Gafanhoto, com o intuito de angariar fundos para
a ONG Charity: water. "Todas as pessoas do mundo merecem água potável e
segura. É a nossa chance de mobilizar as redes sociais em prol de uma boa
causa, além de conscientizar a população para a crise global", diz Fernando
Souza, editor do Twitter Brasil e responsável pela organização do encontro em
São Paulo. Além de Fernando, estão envolvidos no projeto Bia Granja, Cazé e
Bob Wollheim, com o apoio da agência de mídias sociais Polvora!.

E a ação não chega sem tempo ao Brasil, já que melhorias no sistema de
fornecimento de água potável, saneamento, higiene e gerenciamento de
recursos hídricos poderiam evitar 10% das mortes causadas por doenças e
6,3% de todas as mortes no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde
(OMS). Além disso, 1,1 bilhão de pessoas no planeta não tem acesso à água
potável.

Mais informações sobre o Twestival 2009 - http://saopaulo.twestival.com/

2 comentários:

Diego Fávero disse...

Vamos ver se não vai passsar apenas de um encontro de internautas, como em quase todos eventos de tecnologia. Vou colocar uma nota no site da Aberje.

Carol Terra disse...

Diego, ainda que só tenhamos internautas, é sempre possível absorver algum conhecimento para a nossa área de comunicação. Abraços, Carol Terra